Bem vindo ao site pauloferreira.pt. Esta página e todos os seus conteúdos são propriedade de Paulo Ferreira. Encontrará temas relacionados com a sua actividade profissional, nomeadamente a informática, o AutoCAD, o Revit, o Civil 3D ou o 3ds max, a fotografia e o timelapse.

Revit - Biblioteca personalizada

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Artigos

Por omissão, o Revit coloca as bibliotecas na pasta (depende da versão do Revit, do Sistema Operativo e da Letra da unidade de disco) em C:\ProgramData\Autodesk\RVT 2015\Libraries. Normalmente estes directórios estão ocultos por defeito, pelo que haverá necessidade de os alterar de forma a podermos visualizar. Recomenda-se então que se criem pastas alojadas noutro local, para onde se pode direccionar o Revit e desta forma criarmos as nossas bibliotecas de uma forma totalmente personalizada. Aliás faz todo o sentido que assim seja, nomeadamente ser fundamental que se criem bibliotecas personalizadas e não cair na tentação de usar objectos recorrendo aos meios como a internet e que quase sempre não se adequam ao nosso projecto. Esta atitude apenas resolve momentaneamente a necessidade de determinado objecto, não sendo pois uma prática correcta, no manuseio do Revit e de implementação do BIM. Quando de desinstala o software, a pasta que contém as bibliotecas não é removida, no entanto em virtude de na maioria das vezes ser necessário formatar a máquina ou proceder a uma limpeza da unidade de disco, pode ocorrer este problema de eliminação dos dados.