Bem vindo ao site pauloferreira.pt. Esta página e todos os seus conteúdos são propriedade de Paulo Ferreira. Encontrará temas relacionados com a sua actividade profissional, nomeadamente a informática, o AutoCAD, o Revit, o Civil 3D ou o 3ds max, a fotografia e o timelapse.

Iniciar um desenho

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Têm-me chegado diversos desenhos vindos de outros gabinetes, que por exemplo, trazem as unidades em polegadas...ou usam o sistema imperial...ao contrário do nosso...o métrico!

Assim, vou colocar aqui um tutorial relacionado com este aspecto que mencionei:

O Autocad, disponibiliza diversas formas de se iniciar e desenvolver um desenho novo, contudo o método que recomendo é iniciar um desenho novo através da abertura de um ficheiro "template".
Para isso, basta aceder ao menu "File" e clicar em "New" como mostro a seguir:

autocad 01

De seguida abre-se uma caixa de "Select Template" como mostro na figura seguinte, onde poderá escolher qual o modelo template a arrancar...de referir que existem vários modelos...sendo o mais comum...o "acadiso.dwt"

autocad 02

Já agora, explico o que é um ficheiro "template":
Trata-se de um desenho que contém configurações, estilos de layers, definições de plotagens, estilos de cotas, objectos diversos, blocos predefinidos, definições várias, unidades de medida, elementos de desenho básicos,etc, que lhe irão poupar muito tempo de execução do desenho, de entre os quais saliento:
-Tipo de unidade de precisão
-Configuração de ferramentas
-Organização de layers e layouts
-Blocos, margens, folhas de impressão, logótipos
-Estilos de cotagem
-Estilos de plotagem
-Tipos de linhas e espessuras
-Estilos de texto (automático ou não)

Continuando a falar sobre os ficheiros "template", de referir a existência de muitos ficheiros na pasta de instalação do Autocad, incluindo alguns que cumprem as recentes normas ANSI, DIN, ISO e JIS.
Assim, poderá  iniciar um desenho novo abrindo um deles, ou então, optar por modificar ou alterar um já existente, bem como adaptar.
Aconselho a que façam o vosso "template" a partir do existente "acadiso.dwt" e o adaptem ao vosso gosto, modificando alguns componentes, ou então acrescentando novas caracteristicas. Um ficheiro template, leva anos a elaborar...e nunca estará concluido, pois todos os dias, inserimos novos objectos, novos estilos, indo de encontro aos nossos padrões e requisitos...permitindo assim, poupar tempo quando iniciamos um desenho novo, uma vez que vamos utilizar objectos já existentes e já  configurados.

Experimente o seguinte:
Clique no menu "File" e em seguida "New"
Na janela de diálogo "Select Template", clique num dos seguintes templates que indico:
-Tutorial-mArch.dwt (template dos desenhos no sistema métrico)
-Tutorial-iArch.dwt (template dos desenhos no sistema imperial)
...e de seguida faça "Open"

Se tentar desenhar algum vector, verificará que o ficheiro no sistema métrico, utiliza a escala do milimetro no sistema de unidades, enquanto o ficheiro imperial utiliza as polegadas como unidade de desenho.

Agora vão lá para o vosso programa de cad e usem e abusem deste pequeno, mas  útil tutorial, uma vez que é um procedimento básico ao nivel do desenho de Cad e que muito "boa gente" desconhece.

Espero ter sido útil, e obrigado por se ter dado ao trabalho de ler este texto.

Abraço,

Paulo Ferreira

Espaços de composição

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Neste tutorial vamos aprender a usar os espaços de composição.
Existem dois tipos; mais conhecidos por model space e paper space.
O model space é onde habitualmente se desenha, e o paper space onde se define a folha de plotagem, com todas as opções que se desejam, nomeadamente, estilos de plotagem, escalas, notas gerais, tabelas, texto, etc.
É usado um espaço de composição para compor a página de impressão.

Regra geral, um espaço de composição inclui os seguintes objectos:
Notas gerais e tabelas
Blocos de etiquetas específicos de uma vista e blocos de legendas
Viewports do espaço de composição
Os espaços de composição mostram a margem da página e a área de impressão real. O tamanho da página e a área de impressão real dependem da impressora ou da plotter atribuídas ao espaço de composição.
Criar um novo espaço de composição
Os dois motivos mais comuns para criar um espaço de composição novo são:
Criar um novo ficheiro template de desenho que inclua um tamanho e orientação de papel diferentes.
Adicionar um espaço de composição com um tamanho de papel, uma orientação e um bloco de título diferentes a um desenho existente.


Tutorial relacionado com espaços de composição

A forma mais fácil de criar um novo espaço de composição é utilizar o assistente Create Layout.
Depois de criar um espaço de composição, pode substituir o bloco de título e criar ou apagar as viewports do espaço de composição.

Experimente: crie um espaço de composição
1. Inicie um desenho novo.
2. Clique no menu Tools > Wizards > Create Layout.
3. Siga os passos indicados no assistente para criar um espaço de composição com um tamanho de papel diferente e um bloco de título ajustado.4. Clique com o botão do lado direito do rato no separador Layout.
No menu de atalho, clique em Rename.
Na janela de diálogo Rename Layout, introduza um novo nome para esse espaço de composição. Confirme em OK.
Para guardar este desenho como um novo ficheiro template de desenho, clique no menu File > Save As.

  • Na janela de diálogo Save Drawing As, em Files of Type, especifique a extensão DWT.
    Usar as viewports do espaço de composição
    As viewports do espaço de composição num separador layout mostram vistas do espaço de modelaçãoo. Os pontos seguintes apresentam um resumo da relação das viewports do espaço de composição com o espaço de modelação:
    A maioria dos objectos nos seus desenhos é criada no espaçoo de modelação o modelo, no separador Model.
    Para visualizar e alterar a escala das vistas do espaço de modelação num espaço de composição, são criadas viewports no espaço de composição
  • Pode entrar no espaço de modelação através de uma viewport do espaço de composição, principalmente para fazer o pan da vista e para definir a visibilidade das layers.
  • Pode controlar a visibilidade das layers separadamente em cada viewport do espaço de composição.
  • Para edições importantes no seu desenho, use o separador Model.
  • Para criar cotas com escala correcta, entre no espaço de modelação a partir do separador layout e, de seguida, aplique cotas ao modelo.
    Criar e modificar viewports no espaço de composição
    Sempre que cria um novo espaço de composiçao, por predefinição, apenas uma viewport é adicionada no espaço de composição. Pode adicionar mais viewports para obter vistas independentes como, p.ex., pormenores e vistas 3D. Cada viewport pode ter a sua própria escala, as suas propriedades de plotagem e as suas configurações de visibilidade de layers.

Altere a escala de visualização de uma vista numa viewport do espaço de composição
1. Na janela de diálogo Select File, procure a pasta /Help/Tutorials na pasta de instalação do AutoCAD e abra arbor.dwg.
2. No Gestor de propriedades das layers, clique no ícone lâmpada na layer Viewport para visualizar os objectos existentes nessa layer. Confirme em OK.
O bordo azul das viewports, do espa?o de composição, estão agora visíveis.
3. Clique no menu Modify > Properties.
Clique, de seguida, no bordo azul da viewport do espaço de composição que se encontra na parte superior direita.
Repare que a paleta Properties contém as configurações de propriedades da viewport do espaço de composição.
4. Na paleta Properties, em Misc, clique em Display Locked.
Clique na seta e clique em No.
As propriedades de visualização da viewport do espaço de composição estão agora desbloqueadas. De seguida, altere a escala precisa da vista apresentada nesta viewport do espaço de composição.5. Na paleta Properties, clique em Standard Scale.
6. Clique na seta para visualizar uma lista de escalas e clique em 1:40.
Repare que a vista é imediatamente alterada com a nova escala de visualização.
7. Faça duplo clique dentro da viewport do espaço de composição para entrar no espaço de modelação.
Faça pan da vista, se necessário, mas não altere a escala da vista com zoom. De seguida, façaa duplo,clique em qualquer ponto fora das viewports do  espaço de composição para regressar ao espaço de composição.
8. Use a paleta Properties para bloquear a viewport do espaço de composição.


Deve bloquear a viewport do espaço de composição para evitar o pan ou o zoom involuntários. Assim, a posição e a escala da vista na viewport ficam protegidas.
Apague uma viewport do espaço de composição
1. Clique no menu Modify > Erase.
2. Clique no bordo da viewport do espaço de composição que se encontra na parte superior direita e faça ENTER.

Uma viewport do espaço de composição é um objecto. Tal como qualquer outro objecto, pode ser deslocado, copiado e apagado.
Crie uma nova viewport no espaço de composição
1. Faça com que a layer Viewport seja a layer activa.
2. Clique no menu View > Viewports > 1 Viewport.
3. Clique em dois pontos de uma área vazia do espaço de composição. Os dois pontos são os cantos diagonais da nova viewport do espaço de composição.
A nova viewport pode sobrepor-se a uma viewport existente.
4. Clique no bordo da viewport para visualizar os seus grips.
5. Ajuste o tamanho da viewport clicando num grip, deslocando o cursor e clicando numa nova localização.
Desloque a viewport com o comando Move.6. Use a paleta Properties para definir a escala de visualização da vista na viewport do espaço de composição.
7. Faça duplo clique dentro da viewport do espaço de composição e faça pan da vista. Faça duplo clique fora de todas as viewports para regressar ao espaço de composição.
8. Use a paleta Properties para bloquear a viewport do espaço de composição.
9. Desligue a layer Viewport.
10. Feche o desenho sem o gravar.


NOTA: Certifique-se de que cria as viewports nas suas próprias layers.
Quando estiver pronto para imprimir, desligue a layer para evitar que os bordos do viewport sejam também impressos, ou defina nas propriedades da mesma a não plotagem.

Abraço,

Paulo Ferreira

Acerca

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Na actualidade, Paulo Ferreira desempenha as funções de Técnico de CAD/BIM, CAD Manager e modelador de Civil 3D, bem como é Director do departamento de informática da empresa PPSEC, Lda. Possui uma certificação especial, atribuída pela Autodesk: "AutoCAD 2015 Certified Professional"? e é "Beta Tester".
Desenvolve aplicações e ferramentas para AutoCad, Civil 3D e Revit.
Desempenha a actividade de Agente Técnico de Arquitetura e Engenharia de forma independente.
Actualmente é formador e consultor no software AutoCAD, Civil 3D, Revit, Architectural Desktop, 3ds Max, Photoshop, Lightroom, Premiere Pro e After Effects.
Tem como principais aptidões o exercício de Técnico de CAD/BIM bem como CAD Manager, assim como bastante experiência nos "softwares" AutoCAD, Civil 3D, Revit, AutoCAD Architecture, 3DS Max, Adobe After Effects, Adobe Premiere Pro e Photoshop.
Formador de AutoCAD, Civil 3D, Revit Architecture e 3ds Max na Escola Profissional de Braga.
Fundador e CEO da PTimelapse (www.ptimelapse.pt).
Fotógrafo / Timelapser / Formador nas experiências de viagem fotográfica da Fotoadrenalina.
Desenvolve páginas web, através de plataformas de gestão de conteúdos.
Especialista em Exchange Server e Terminal Server (Microsoft).

O site pauloferreira.pt é apenas de cariz pessoal e retrata o gosto e a alegria que Paulo Ferreira tem, pelo software de CAD/BIM, nomeadamente o AutoCAD, o 3ds max, o Civil 3D ou o Revit, bem como por outras matérias nomeadamente a fotografia ou o timelapse (fortemente empenhado em desenvolver esta técnica com recurso a equipamento adequado, nomeadamente o Stage One e Stage R da Dynamic Perception). Qualquer alusão ao nome de empresas apenas tem como objectivo dar a conhecer determinados processos ou meios que ajudem no conhecimento e possam incrementar mais valia na sua vida profissional. Qualquer colaboração que possam facultar será analisada, pelo que caso estejam interessados em contribuir para o desenvolvimento do site deverão contactar-me através dos contactos aqui existentes.

Este sitio foi concebido por Paulo Ferreira, tendo como base um sistema de CMS por forma a facilitar as diversas abrangências que existem actualmente no site.
Esta ideia tem como base a necessidade de divulgação de conhecimentos ao nível de AutoCAD, em variadas famílias do referido software, bem como procurar a troca de informações que de alguma forma ajudem a consolidar conhecimentos. O seu fundador, Paulo Ferreira não tem qualquer compromisso com empresas relacionadas com o software de CAD, muito embora possa colaborar de alguma forma através da sua vida profissional, uma vez que desempenha determinadas funções que o ligam a certas empresas.

Podem seguir-me nos diversos locais sociais, como por exemplo:

  Vimeo-logo aboutme-logo  500px