Bem vindo ao site pauloferreira.pt. Esta página e todos os seus conteúdos são propriedade de Paulo Ferreira. Encontrará temas relacionados com a sua actividade profissional, nomeadamente a informática, o AutoCAD, o Revit, o Civil 3D ou o 3ds max, a fotografia e o timelapse.

Timelapse - Alvão Rural

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Lazer

Timelapse - Alvão RuralFinalmente chegaram alguns dias de férias e com eles, a possibilidade de realizar alguns trabalhos de fotografia, mais concretamente numa área que tenho andado fascinado, e que dá pelo nome de "Timelapse". Por alguns dias consegui colocar de lado e esquecer as minhas ferraments de trabalho como por exemplo o AutoCAD e o Civil 3D.

Citando a Wikipédia, [...]fotografia time-lapse é um processo cinematográfico em que cada fotograma ou quadro (frame) de filme é tomado a uma velocidade muito mais lenta do que aquela em que o filme será reproduzido. Quando visto a uma velocidade normal, o tempo parece correr mais depressa e assim parece saltar (lapsing). A fotografia Time-lapse pode ser considerada a técnica oposta à fotografia de alta-velocidade. Alterações que normalmente surgem como sutis aos nossos olhos, como o movimento do Sol e das estrelas no céu, tornam-se evidentes. O Time-lapse é a versão extrema de uma técnica cinematográfica de manipulação lenta e pode ser por vezes confundida com animação de paragem de movimento (stop motion).[...]

Uma vez que nem tudo na vida se prende com trabalho, há pois necessidade de realizarmos outras actividades que nos façam desligar da vida quotidiana. Deixo aqui o meu mais recente trabalho realizado no Parque Natural da Serra do Alvão:

embed video plugin powered by Union Development

Dobragens de folhas em projecto

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Recentemente recebi um email de um utilizador do site que me questionava relativamente à forma como se obtinham os formatos alongados das folhas utilizadas em processos. Uma vez que me parece um tema bastante pertinente, quero aqui acrescentar mais conteúdo que possa ajudar todos aqueles que procuram estas matérias e não se encontram devidamente  esclarecidos, pese embora existir na internet muita quantidade de informação. Nos formatos normalizados, apenas existe o A0, A1, A2, A3 e A4 (entre os que são mais usados em projecto). Contudo, todos podemos fazer folhas á nossa medida (formatos alongados) mas devemos ter em atenção o seguinte:

As medidas das dobragens intermédias dependem sempre do numero de folhas A4 que pretendemos inserir (par ou impar). No meio nunca poderemos colocar medidas de 210, mas antes na parte final. No meio apenas é possível 185 ou então, duas meias folhas que ficam escondidas na dobragem (2 x 130.5).

Exemplo concreto:

A3 (1.5 alturas=445.5mm) -> folha de 475 mm

  • T5  - 2x185+210=580mm (folha=610mm)
  • T6  - 2x185+2x130.5+210=841mm (folha=871mm)
  • T7  - 4x185+210=950mm(folha=980mm)
  • T8  - 4x185+2x130.5+210=1211mm (folha=1241mm)

Documento no formato pdf que resume algumas formas de dobragens e consequentemente a execução de formatos alongados: dobragens.pdf

AutoCad 2013 - truques e dicas

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Truques e DicasA nova versão do AutoCad está disponivel para uso e começam a surgir algumas noticias relativas ás novas funcionalidades implementadas. No Blog de Lynn Allen está um link para download de um pequeno "flyer" que possibilita a divulgação de alguns truques e dicas adaptados ao AutoCad 2013. Para obter o documento basta clicar na hiperligação seguinte: Download AutoCAD 2013 Tips and Tricks

De salientar que nesta versão foi introduzido um novo formato de gravação de ficheiro "AutoCad 2013 drawing", mantendo-se todas as versões anteriores na possibilidade de "gravar como".

 

1º Timelapse oficial

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Lazer

  1. Timelapse_totaltimelapse 2timelapse 3fototimelapsecanon                              

    Após alguns meses de investigação, finalmente consegui montar um equipamento de realização de timelapse com base em fotografia. Trata-se de uma mesa equipada com um controlador produzido por Tiago Silva. Gostaria desde já de agradecer a sua contribuição na elaboração e montagem deste equipamento, que espero poder ser uma fonte de excelentes trabalhos fotográficos. Somente com a sua contribuição, tudo isto foi concretizado. Coloquei no youtube alguns videos (uns mais bem conseguidos do que outros), pois ainda agora estou a dar os primeiros passos nesta técnica,mas em breve colocarei mais material.

Aqui ficam links para alguns trabalhos:">

embed video plugin powered by Union Development

Auto publicar desenhos

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Neste tópico vou falar de uma funcionalidade recentemente introduzida no AutoCAD, que pode ser usada para publicar de uma forma automática os desenhos que executamos, quer em "Model Space", quer em "Paper Space". Basicamente basta ir ás opções do AutoCAD executando o comando [OPTIONS] ou no menu Tools -> Options e activar esta funcionalidade tal como mostro na imagem em baixo:

Em "Automatic Publish Settings" podemos configurar a caixa de diálogo que surge, das seguintes formas:

*1 - Publish on (Save, Close, Prompt on save e Prompt on close)

*2 - Location (Drawing folder ou browse para um local especifico)

*3 - Include: (Model, Layouts ou Model and Layouts)

*4 - File format: (Dwfx, Dwf ou PDF)

*5 - Type: (Multi-sheet file ou Single-sheet file)

Existem mais opções mas não são relevantes para esta funcionalidade.

Representação gráfica 3D

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Quando se trabalha em ambiente de AutoCAD 3D normalmente vemos que determinadas linhas ou vectores surgem representados a cores, mais concretamente Vermelho, Verde e Azul. Esta é uma convenção que se adopta para representar as 3 dimensões. São elas o X,Y e Z que correspondem a RGB (Red, Green e Blue). Assim, o eixo dos X corresponde ao "Red", o eixo dos Y corresponde ao "Green" e o eixo dos Z corresponde ao "Blue". Fundamentalmente RGB = XYZ, tal como nas cores.

Até á próxima dica!

 

 

Offset com erase

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em AutoCAD

Todos os utilizadores do AutoCAD usam o comando Offset inumeras vezes ao longo da concepção de um desenho técnico. Poderá ser um dos comandos mais usados e nem sempre se tira partido das funcionalidades que podemos optar aquando da execução do comando nomeadamente os comandos transparentes, como por exemplo, a possibilidade de fazer "Erase" dentro do comando Offset. Para o efeito basta seguir o seguinte exemplo copiado da linha de comandos do AutoCAD:

 

Command: _offset
Current settings: Erase source=Yes  Layer=Source  OFFSETGAPTYPE=0
Specify offset distance or [Through/Erase/Layer] <1.0000>: e
Erase source object after offsetting? [Yes/No] <Yes>:
Specify offset distance or [Through/Erase/Layer] <1.0000>:
Select object to offset or [Exit/Undo] <Exit>:
Specify point on side to offset or [Exit/Multiple/Undo] <Exit>:
Select object to offset or [Exit/Undo] <Exit>:

 

Espero ter contribuido para acrescentar mais algum conhecimento a quem usa diariamente o AutoCAD.

Timelapse

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Lazer

No seguimento de alguns dias de trabalho e estudo intenso que me impossibilitaram de escrever algum artigo no site, venho finalmente colocar aqui um pequeno texto que retrata o meu 1º timelapse. Trata-se de um tema que surge no seguimento de uma procura por novas técnicas de fotografia. Apesar de me considerar um "amador" muito básico ao nível da fotografia, uma vez que não é uma área que esteja relacionada com a minha actividade profissional, gosto de procurar sempre novas técnicas e novos desafios que permitam resultados surpreendentes. Desta vez e após uma série de cerca de 6000 fotografias tiradas na zona da Serra do Alvão (Vila Real) e Praia das Pedras Amarelas (V.N.Gaia), decidi realizar o meu 1º timelapse e colocá-lo aqui disponível através de um pequeno vídeo demonstrativo.

{wmv}timelapse{/wmv}


Interromper uma cota com uma linha de chamada

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

dimbreakExistem diversas funcionalidades que o comando "Break" permite. Entre elas, está a capacidade de interromper uma linha de cota que cruza com uma "leader" ou linha de chamada ou anotação. A forma de o fazer depende se seleccionamos "automático" ou "manual". Pessoalmente prefiro o modo manual pois permite uma interropção mais alargada, podendo neste caso determinar a amplitude da quebra da linha. Para realizarmos esta funcionalidade basta escolher no menu Dimension -> Dimension Break ou fazendo uso da linha de comandos "Command: _DIMBREAK". Os passos seguintes no modo manual são:

 

 

Command: _DIMBREAK
Select dimension to add/remove break or [Multiple]:
Select object to break dimension or [Auto/Manual/Remove] <Auto>: M
Specify first break point:
Specify second break point:
1 object modified

No modo automático:

Command: _DIMBREAK
Select dimension to add/remove break or [Multiple]:
Select object to break dimension or [Auto/Manual/Remove] <Auto>:
Select object to break dimension:
1 object modified

XREF - Referência externa

Escrito por Paulo Ferreira. Publicado em Profissional

Sei que o uso de xref´s tem sido sempre um tema dificil de falar e mais ainda...de implementar junto dos utilizadores do AutoCAD. Talvez porque é uma funcionalidade que tem de ser conhecida, muitas das vezes a maioria de nós opta por não lhe dar o devido uso. Não é o meu caso, pois já há alguns anos que "uso e abuso" deste método de trabalho em ambiente de escritório e em parceria com outros utilizadores, o que me permite explorar ao máximo todas as barreiras que possam surgir na sua implementação. Vou de seguida apresentar um método que permite usar os Xref´s sem que tenhamos complicações no futuro, como por exemplo, a partilha de ficheiros com entidades externas ao nosso escritório ou gabinete de projecto.

1º - É preciso ter em mente que o ficheiro *.dwg que vamos importar como Xref deverá estar sempre no mesmo directorio onde temos o ficheiro base final que usamos para trabalhar. Note-se que poderá estar num caminho diferente (tipo base de dados ou arquivo, mas não é a melhor prática, para quem ainda não domina este método).

2º - Começamos por ir ao menu Insert -> Dwg reference...

DWG Reference...

De seguida escolhemos o ficheiro em "Select Reference File":

Select Reference File

De seguida basta escolher a opção "Relative Path" em Path type:

Relative Path

Se surgir esta caixa de diálogo:

Attach External Reference

É pelo facto de ainda não termos gravado o ficheiro onde estamos a tentar importar o Xref, pelo que basta grava-lo que já não surgirá. Note-se que esta opção é a melhor, uma vez que usa um caminho relativo, querendo dizer, na prática que o AutoCAD procurará sempre pelo Xref junto ao ficheiro base (pelo seu nome, pelo que não será recomendável mudá-lo posteriormente) . Nesta caso os caminhos (caso hajam na localização do Xref, nao serão gravados) e não teremos problemas quando enviamos o ficheiro para outros colaboradores fora do local onde temos o nosso AutoCAD instalado. Por exemplo, basta que se altere uma letra da unidade do disco rígido (C: para D:) e o Xref já não será carregado (se usarmos a opção Full path, por exemplo). Lembre-se sempre que as máquinas das outras pessoas que trabalham com o AutoCAD têm as suas próprias configurações. Espero ter ajudado de alguma forma com este pequeno texto muito resumido. Cumprimentos, Paulo Ferreira