Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival edição 2020

Prémio de cinema em Sesimbra
Prémios de cinema em Sesimbra
O Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival, selecionou para a fase final do festival internacional de cinema independente, dois filmes realizados por Paulo Ferreira. São eles, o “Lockdown Porto” e “This Is Our Time“. A cerimónia de entrega de prémios realiza-se no dia 1 de Outubro de 2020 em Sesimbra.

This Is Our Time vence em Las Vegas

This Is Our Time premiado em Las Vegas
This Is Our Time premiado em Las Vegas
O festival internacional de cinema “Vegas Movie Awards”, em Las Vegas, premiou hoje o filme “This Is Our Time“, atribuindo-lhe um “Award of Excellence”, na categoria “Best Documentary Short”.
O filme foi realizado na Islândia e a mensagem que contém é a de que nunca como hoje foi tão urgente preservar os poucos espaços naturais que ainda existem, ou seja, cuidarmos da nossa casa, o planeta Terra.
Paulo Ferreira estreou no passado dia 16 de novembro de 2019, pelas 17H00 na Casa do Infante, no Porto, o seu mais recente filme, “This Is Our Time”. O filme foi tornado publico no dia da Terra, a 22 de abril de 2020, em pleno período de pandemia.
É este mesmo filme (um documentário curto realizado na Islândia), com o título de “This Is Our Time” que está a ser premiado por variadíssimos festivais internacionais de cinema, nomeadamente o mais recente em Las Vegas.
Um agradecimento especial a todos os patrocinadores (identificados nos créditos do filme), bem como aos que trabalharam para que este filme fosse um sucesso. São eles a Laurence Alves, o Conrad Harvey, o Paulo Silva, o João Sousa e o Marco Ribeiro.

Los Angeles Independent Film Festival Awards

Los Angeles Independent Film Festival Awards
Los Angeles Independent Film Festival Awards

O documentário curto “This Is Our Time” foi premiado ontem em Hollywood – Los Angeles, na categoria de Best Travel/Time-Lapse Short. O festival internacional de cinema que reconheceu o filme é o LAIFFA (Los Angeles Independent Film Festival Awards), que também qualifica automaticamente para o IMDB. É sempre uma honra, ver um filme premiado naquele que é o centro do cinema mundial. Desta forma a mensagem que o filme contém, chega a um publico muito mais alargado. O mérito do filme e de quem esteve envolvido na sua realização, é assim validado por um dos festivais de cinema independente, referência mundial neste sector. Um obrigado muito especial à Laurence Alves, ao Conrad Harvey, ao João Sousa e ao Marco Ribeiro, pela dedicação a este filme.

O Charco

Em período de confinamento, realizei um vídeo de cerca de 8 minutos de duração, nas proximidades de minha casa. Como não tinha forma de passar o tempo, decidi fazer algumas fotografias nuns terrenos agrícolas e para meu espanto encontrei alguma fauna e flora que rapidamente percebi serem um ponto de partida para um trabalho de maior dimensão.

Foram longos dias de solidão num abrigo camuflado, sempre na ânsia de registar aquela fotografia tão especial ou aquele plano de vídeo ou timelapse surpreendente. O período de confinamento proporcionou que fosse possível registar os sons naturais daquele espaço. Todas as manhãs ou ao final da tarde, fui gravando áudio para mais tarde utilizar neste filme.

Muito mais do que um documentário curto sobre a fauna e flora do local que fica praticamente no seio de uma zona densamente urbana, este foi um trabalho que surgiu da motivação que arranjei para passar estes tempos tão difíceis.

O filme conta com a  voz do Eduardo Rêgo, um locutor Português, possível de encontrar em trabalhos de TV nacional e internacional.

Veja o filme aqui

Lockdown Porto

Fotografar o Porto tem sido para mim, nos últimos anos, uma paixão que vem crescendo, alimentada pela luz que a cidade imana, contrariamente ao que se pensava no passado. As recentes alterações arquitectónicas, aliadas à recuperação urbana, tornam a cidade um motivo fotográfico. Por isso gosto tanto de a fotografar, filmar ou “timelapsar”. Nos tempos que vivemos, senti que a pandemia veio esfriar a cidade e que a vida se tornou cinzenta. Como tive a possibilidade de sair durante este período de confinamento, por motivos ligados à minha actividade profissional, acabei por registar algumas imagens da cidade, total ou parcialmente deserta. Assim, e motivado pela esperança de que melhores dias virão, decidi realizar este vídeo durante este período. Quero que seja uma janela de luz e esperança para todos aqueles que adoram esta cidade. Nele estão retratados dois períodos bem distintos: o antes e o pós-confinamento, com uma passagem pelas terras Durienses, onde as searas continuaram a crescer, representando um sinónimo de vida.

Estreia online – This Is Our Time

This Is Our TimeO documentário curto “This Is Our Time” realizado na Islândia em 2019, tem data de estreia online marcada para o dia 22 de Abril (Dia da Terra). Trata-se de um filme de cerca de 15 minutos e que mostrando as extraordinárias paisagens da Islândia, passa a mensagem de que é necessário preservar a nossa casa. Este é pois o tempo de cuidarmos dela, de a respeitarmos, pois o momento que atravessamos é sinónimo de que a Terra está a reagir à forma como continuamos a usá-la. Nunca como hoje, foi necessário mudar os nossos hábitos. Temos de saber viver em harmonia com os recursos que estão disponíveis. Temos de cuidar dos animais, das plantas, do ar que respiramos, da água que bebemos, das imagens que os nossos olhos querem ver. Urge sermos mais Humanos e menos números. Ter a possibilidade de percorrer montes e vales, saltar ribeiros, respirar fundo, viver livremente, pois não chega só a liberdade. Nunca houve tempo para parar. Aproveitemos este tempo para mudar de paradigma. Tenhamos consciência e vontade de mudar.

Um filme com a participação especial de:
Narrativa: Laurence Alves | Locução: Conrad Harvey | Consultor: Paulo F. Silva | Som: João Sousa | Entrevistado: Thórður Halldórsson | Making Of: Marco Ribeiro | Realização: Paulo Ferreira

Um filme patrocinado por:
Claranet Portugal | Clínica de Gondomar Medicina Dentária | Delete – Soluções Informáticas | Dental Doctors | Goldnature | LadoB Café | Opticália de Gondomar | Ppsec Engenharia | Ptlapse | Rosalar Electrodomésticos


Nota enviada por Laurence Alves, autora da narrativa do filme:


Nota enviada pela Goldnature patrocinadora oficial do filme:


Nota enviada pelo LadoB patrocinador oficial do filme:


Nota enviada pela Clínica de Gondomar Medicina Dentária patrocinadora oficial do filme:


Nota enviada por Conrad Harvey, locutor do filme:


Nota enviada pela Claranet Portugal patrocinadora oficial do filme:


Nota enviada pela PPSEC – Engenharia patrocinadora do filme:


Nota enviada pela Delete – Informática patrocinadora oficial do filme:


Seja patrono do Paulo Ferreira

Ser patrono do Paulo Ferreira

A partir de hoje é possível tornar-se patrono dos filmes do Paulo Ferreira. Desta forma, qualquer pessoa ou empresa pode ajudar o Paulo a realizar mais filmes, quer em Portugal, quer ao redor do mundo. Junte-se à causa do Paulo Ferreira e contribua para que o nosso mundo, a nossa única casa, seja um local como todos ansiamos.  Um local que possamos viver em perfeita harmonia com a natureza. O Paulo, através dos seus filmes, tenta suscitar consciência nas pessoas para problemas tão fáceis de resolver, mas que muitas das vezes não estamos disponíveis para o fazer. Urge apelar à consciência global. O momento que atravessamos é sinónimo dos problemas que criamos. Seja patrono.

 

 

 

Paulo Ferreira na Noruega

Seja patrono do Paulo Ferreira

Timelapse Alvão – 2010

Em 2010, depois dos primeiros passos na técnica de timelapse, comecei a desenvolver a minha primeira “dolly” que me permitiu sair dos planos fixos (tripé apenas) para o timelapse em movimento. 10 anos se passaram e decidi reeditar esses mesmos planos, removendo os problemas de flicker e estabilidade o mais possível. Não está perfeito mas acreditem que os planos originais estavam mesmo “ruins”. Aqui fica o vídeo, todo ele registado no Parque Natural do Alvão. A dolly com a qual registava os primeiros planos de timelapse com movimento, data de 2010. Actualmente possuo o Stage One.
Visualizar no Youtube

Entrudo de Lazarim 2020

A convite de António Manuel Alves da Silva, vice-presidente do município de Lamego e de Ana Catarina Graça da Rocha, vereadora da cultura, Paulo Ferreira esteve presente no entrudo da vila de Lazarim. Aqui fica um agradecimento publico, pelo convite que foi endereçado. Houve assim, oportunidade de conhecer melhor as diabólicas, carrancudas, com orelhas bicudas, barbas ou bigodes, com “cornos” e até a imitar animais, as genuínas máscaras de Lazarim. Obrigado também ao Rui Santos, um amigo de timelapse de outros tempos.

Hearth Festival

Hearth Festival
Hearth Festival
No âmbito do programa Hearth Festival, que decorre de 22 de fevereiro a 29 de março, Paulo Ferreira foi convidado para a realização de dois eventos. Ambos no dia 14 de março, sendo o primeiro no período da manhã (no Parque das Serras do Porto) e o segundo à noite, no Auditório Municipal de Gondomar.
O primeiro será uma caminhada fotográfica e o segundo será a apresentação do documentário curto do Parque das Serras do Porto, integrado no Septeto de L. v. Beethoven.
A fotografia de natureza, apesar de ser um evento gratuito, tem necessidade de inscrição e o numero máximo de participantes será de 12.
Mais informação e inscrições aqui:
https://www.novaterra.com.pt/l/programa/
Programa completo:
https://www.cm-gondomar.pt/…/02/Programa_Hearth_Festival.pdf
A programação deste evento oferece a oportunidade de vivenciar a natureza e a expressão artística de mãos dadas!