Skip to main content

Fenómeno natural raro de uma aurora boreal em Portugal

Aurora Boreal Portugal

Esta imagem ilustrativa de uma aurora boreal, foi registada no dia 11 de maio de 2024, pelas 00h26, no Parque Natural do Alvão. Para além do tom rosado do fenómeno natural (muito raro em Portugal), ainda é visível na linha de horizonte, uma forte trovoada. Faz parte de uma sequência de timelapse.

O último registo de uma grande aurora boreal em Portugal foi a 25 de Janeiro de 1938. O fenómeno apenas foi visível em Portugal, pois a “mancha solar AR3664”, uma monstro com cerca de 200.000 quilómetros de extensão (mais de 15 vezes o diâmetro da Terra) está imensamente activa nos últimos dias.

Estas fotografias e os planos de timelapse que realizei, foram apresentados na RTP na rubrica (A Última Fronteira) do Miguel Gonçalves.

Veja o vídeo:


Aurora Boreal Parque Natural do Alvão

Aurora boreal no Parque Natural do Alvão.

Continuar a ler

XVII Passeio Fotográfico na Quinta da Alagoa, na Natureza e com Ciência

Realizou-se este fim de semana (27 de abril de 2024) na Quinta da Alagoa em Valpaços, o programa intitulado “XVII Passeio Fotográfico na Quinta da Alagoa, na Natureza e com Ciência”, onde estiveram presentes enquanto oradores, Rui Manuel Vitor Cortes, Ernestino Maravalhas, João Carrola, João Ruano, Carlos Alexandre, Jorge Ventura, João Cabral, de diversas proveniências como por exemplo a UTAD, o CITAB, o TAGIS e a Universidade de Évora.

Os oradores das mini-conferências provenientes de áreas como a investigação, a biologia, química e fotografia abordaram temas no âmbito das alterações climáticas e coube a mim realizar uma palestra sobre a técnica de timelapse como instrumento de divulgação do ambiente e da natureza.

No final do evento apresentei o meu documentário natural “Islândia – Natureza Ígnea”.




Continuar a ler

“Naturalmente Graciosa” estreia no dia da Terra na ilha Graciosa

“Naturalmente Graciosa” – Documentário de natureza dá a conhecer a Graciosa
“Naturalmente Graciosa” foi estreado na noite de Segunda-feira (22 de abril de 2024), no Centro Cultural da Ilha Graciosa, assinalando o Dia Mundial da Terra.
Um filme de Paulo Ferreira, que durante 47 minutos dá a conhecer o potencial e beleza da natureza da Graciosa, também com o objetivo de consciencializar as pessoas para a conservação do ambiente.
As imagens foram recolhidas em 2023 e analisam todo o meio ambiente da Graciosa, incluindo a vida subaquática.
O documentário de natureza tem como objetivo promover a ilha e segundo o realizador, há já interesse de alguns canais de televisão, um deles é a SIC.
Lara Sousa, Vereadora da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, afirmou que o Município apoiou a iniciativa, com o objetivo de ser mais uma plataforma de promoção das belezas da nossa ilha.
É objetivo do município continuar também a promoção da ilha, como sitio de excelência para a prática do mergulho.


Continuar a ler

Palestra Agrupamento de Escolas Júlio Dinis em Gondomar

Hoje, a convite da Prof. Rita Cordeiro realizei duas palestras no auditório do Agrupamento de Escolas Júlio Dinis em Gondomar, para as turmas do 8.º ano, sobre biodiversidade e sustentabilidade na Terra.
Fiquei bastante emocionado com os trabalhos das turmas 8.º C e 8.º E, que sob a orientação da professora Elisabete Silva, utilizando a técnica pontilhismo, inspiraram-se nas minhas fotografias registadas nas Serras do Porto e junto aos Moinhos de Jancido.
Dado o grande entusiasmo dos alunos, dooei vários livros meus “No silêncio dos Moinhos” e “Patagónia – A ponta do mundo”, no seguimento de um desafio que lhes lancei, que tinha por objetivo, identificar as várias espécies que eu mostrava nas fotografias durante a minha apresentação.
A escola agradeceu-me a generosidade e ofereceu-me uma serigrafia, criada pelo Prof. José Pinto.

Bibliodiálogos: Sustentabilidade na Terra (bibliodialogos.blogspot.com)


Continuar a ler

Estreia do documentário ‘Islândia – Natureza Ígnea’ dá recorde a “O Nosso Mundo”

SIC - islândia Natureza Ígnea

Islândia Natureza Ígnea foi recorde de share.
Segundo a Zapping-Tv :
A SIC estreou neste sábado, 16 de março, o documentário português ‘Islândia – Natureza Ígnea’ de Paulo Ferreira.
A estreia deu recorde de share a “O Nosso Mundo”.
Com inicio pelas 12h17, o documentário marcou 5.8 de rating e 21.5% de share. 564 mil portugueses seguiram a estreia.
No último minuto, “O Nosso Mundo” bateu nos 7.4 pontos de rating com 717 mil e 800 telespectadores. O pico em share foi de 23.9%.

Estreia do documentário português ‘Islândia – Natureza Ígnea’ dá recorde a “O Nosso Mundo” | Zapping (zapping-tv.com)

Continuar a ler

SIC aposta em estreia de documentário realizado por Paulo Ferreira

SIC - islândia Natureza Ígnea

SIC aposta em estreia de documentário português realizado por Paulo Ferreira.

Saiba mais em: SIC aposta em estreia de documentário português realizado por Paulo Ferreira: “Na Islândia…” (atelevisao.com)

Neste sábado, dia 16 de março de 2024, a SIC vai estrear “Islândia – Natureza Ígnea“, um documentário realizado por Paulo Ferreira com imagens únicas.

O filme foi realizado por Paulo Ferreira e conta com locução de Eduardo Rêgo.

«Num cenário majestoso entre o Atlântico Norte e o Círculo Polar Ártico, a Islândia emerge como um pequeno mundo vulnerável às alterações climáticas globais. Esta ilha de contrastes, que oscilam entre as auroras boreais, o gelo e a lava, com as suas paisagens glaciares deslumbrantes e alguns vulcões ativos, enfrenta um enorme desafio. A poluição luminosa, o degelo dos glaciares, a poluição do ar e da água e o aumento do nível do mar desafiam a sustentabilidade ambiental, enquanto as comunidades locais testemunham mudanças significativas nos seus modos de vida. O mesmo se passa com a fauna e flora da Islândia, sempre presentes ao longo do filme. Esta sinopse explora a luta da Islândia para preservar a sua natureza única, enfrentando as crescentes pressões ambientais, destacando a urgência de ações globais para mitigar os impactos das mudanças climáticas naquele que é um dos ambientes mais emblemáticos do nosso planeta».

SIC - islândia Natureza Ígnea

Continuar a ler

O regresso do Professor Sousa a Jancido

O regresso do Professor Sousa a Jancido

O regresso do Professor Sousa a Jancido

Depois de quatro décadas de ausência, o Professor Sousa regressou a Jancido, a sua aldeia natal. Emigrara para Tristão da Cunha em busca de oportunidades, deixando para trás as paisagens verdes e os moinhos que pontilhavam a ribeira de Caiáguas. Assim que chegou a Jancido, de mala numa mão e a candeia na outra, com os cabelos a ficar grisalhos e os olhos cheios de saudade, decidiu visitar os caminhos que deixara para trás, que outrora eram palco daqueles que viviam do fruto da terra e que ainda hoje lhe são familiares.

Nessa noite estrelada, decidido a reencontrar as memórias do passado, o Professor Sousa aventurou-se pelos trilhos que levavam aos antigos moinhos de Jancido. Sob a luz tímida da Ursa Maior e da Lua, cada passo era uma viagem no tempo, revivendo momentos de infância e juventude. Os moinhos, outrora testemunhas do trabalho árduo dos habitantes da aldeia (seus familiares), agora permaneciam silenciosos, como guardiões de histórias antigas.

Ao contemplar aquelas estruturas de pedra, o Professor Sousa sentiu uma mistura de nostalgia e gratidão. Recordou os dias em que corria livremente pelos campos, ajudava o seu avô a moer o milho, aprendendo lições que transcenderiam os anos. O canto da coruja e a brisa suave da noite sussurravam segredos do passado, envolvendo-o numa aura de paz e serenidade.

De regresso à aldeia, o Professor Sousa carregava consigo mais do que simples lembranças. Levava consigo o legado da sua terra, pronto para partilhar com as gerações vindouras, se interessadas em ouvir as suas histórias. E naquela noite, sob o manto estrelado, Jancido recebeu de volta um filho pródigo, cuja história se entrelaçava com a dos seus moinhos, ribeiras selvagens e campos verdejantes.

E Jancido reviveu o passado.

Regresso professor Sousa
O regresso do Professor Sousa a Jancido

O regresso do Professor Sousa a Jancido
O regresso do Professor Sousa a Jancido
professor_sousa
O regresso do Professor Sousa a Jancido

Fotografia e narrativa de ficção da autoria de Paulo Ferreira | Com a participação especial de Nelo Sousa como figurante | Um agradecimento aos Moinhos de Jancido

Continuar a ler