Skip to main content

Etiqueta: Fotografia

Concurso de Fotografia “Biodiversidade nos Moinhos de Jancido”

Concurso de fotografia

O concurso de Fotografia “BIODIVERSIDADE NOS MOINHOS DE JANCIDO” é organizado por Paulo Ferreira e pelos “Rapazes de Jancido” e insere-se no evento “Cinema nos moinhos” que terá lugar no próximo dia 29 de julho de 2023. Tem como objetivos principais, refletir e consciencializar a população em geral sobre a importância da Biodiversidade na zona dos Moinhos de Jancido, assim como desenvolver a criatividade e a expressividade.

O prazo de envio dos trabalhos originais decorre até ao dia 24 de julho de 2023 (será considerada a data de carimbo dos C.T.T.). As cópias apresentadas não serão devolvidas.

Para participar devem ler o regulamento do concurso: Regulamento

Continuar a ler

Hoje de manhã saí muito cedo

Garça-real (Ardea cinerea)

Hoje de manhã saí muito cedo,
Por ter acordado ainda mais cedo
E não ter nada que quisesse fazer…Não sabia por caminho tomar
Mas o vento soprava forte, varria para um lado,
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.Assim tem sido sempre a minha vida, e
assim quero que possa ser sempre —
Vou onde o vento me leva e não me
Sinto pensar.

Alberto Caeiro, in “Poemas Inconjuntos”

Continuar a ler

O Cinema e a Fotografia na Consciencialização Ambiental – EPROMAT

EVENTO_EPROMAT

Paulo Ferreira irá realizar uma palestra intitulada “O Cinema e a Fotografia na Consciencialização Ambiental”, na Escola Profissional de Matosinhos (EPROMAT). O evento realiza-se no dia 5 de junho pelas 10H00. Entrada livre. O convite endereçado ao Paulo Ferreira é sinónimo de que o trabalho que tem realizado, começa a ser interessante para as escolas, palco da formação daqueles de quem se espera um futuro melhor.

Continuar a ler

3ª Edição do “Cinema nos moinhos”

3ª EDIÇÃO CINEMA NOS MOINHOS

É já no próximo dia 29 de julho, pelas 21h00 que se realizará a 3ª edição do “Cinema nos moinhos”. É um evento cuja iniciativa partiu do Paulo Ferreira e o objetivo é dar a conhecer os seus trabalhos mais recentes, quer seja ao nível da fotografia ou vídeo. A ideia surgiu em 2021 e desde esse ano que o evento tem vindo a ganhar mais notoriedade, ganhando audiência cujas fronteiras ultrapassa o concelho de Gondomar.

Este ano, o “Cinema nos moinhos” irá proporcionar a visualização de um documentário natural e de algumas fotografias de natureza:

  • O documentário natural “Naturalmente Flores“, um filme gravado na ilha das Flores em 2022, que descreve algumas das singularidades do Património natural da ilha, nomeadamente ao nível da flora e da fauna, mostrando ainda imagens noturnas da ilha e do espaço sideral.

Será certamente uma boa oportunidade para visualizar estes dois documentários, num ambiente envolto em natureza, como é a zona dos Moinhos de Jancido.

Este evento conta com o apoio dos Moinhos de Jancido, da EletriSom e da PTLapse.

Dado que o espaço é limitado, será obrigatório apresentar bilhete. Os bilhetes estarão disponiveis em breve e serão anunciados na página do facebook de Paulo Ferreira e dos Moinhos de Jancido.








Continuar a ler

Workshop de fotografia noturna no Parque de Natureza de Noudar

Workshop de fotografia noturna no Parque de Natureza de Noudar

Workshop de fotografia noturna no Parque de Natureza de Noudar. De 17 a 20 de agosto de 2023. Evento limitado a 8 participantes. 

Este evento será orientado pelo Paulo Ferreira. Na eventualidade das condições climatéricas não serem as mais favoráveis, as atividades exteriores durante as noites dos dias 18 e 19, poderão ser canceladas.

Programação:

Dia 17 de agosto – chegada ao Parque de Natureza de Noudar
Dia 18 de agosto – Workshop de fotografia noturna
Dia 19 de agosto – Workshop de fotografia noturna
Dia 20 de agosto – saída do Parque de Natureza de Noudar

Consulte os preços do alojamento e das refeições no Parque de Natureza de Noudar:

[world]

Continuar a ler

O Cometa que passará pela Terra a uma distância de 42 milhões de km

O Cometa que passará pela Terra a uma distância de 42 milhões de km.

Cometa

Ontem à noite, dia 27 de janeiro de 2023, pelas 23H45, registei esta imagem do Cometa que está a cruzar o céu e que regressa após 50.000 anos.

Trata-se do “C/2022 E3 (ZTF)” e pode ser visto à noite, com equipamento próprio, desde que o céu esteja claro, não haja poluição luminosa e o brilho da Lua não incomode. Por acaso não foi o caso de ontem. A Lua estava presente e havia muita humidade no local (Moinhos de Jancido).

No entanto não desperdicei a oportunidade de registar a minha primeira imagem deste Cometa. E aguardo com ansiedade o final de janeiro, pois estará mais próximo da Terra, sendo mais fácil de fotografar.

Contrariamente ao que está a ser dito na comunicação social, este Cometa ainda não é visivel a olho nu e só com recurso a técnicas de fotografia conjugadas com sistemas de “tracking” é que se pode almejar uma imagem com alguma clareza.

Nesta fotografia é visivel a luz verde que caracteriza este Cometa e o seu núcleo gelado que é libertado quando se aproxima do Sol.

O cometa atingiu seu periélio em 12 de janeiro de 2023, a uma distância de 1,11 UA (166 milhões de km) e a aproximação mais próxima da Terra será no dia 1 de fevereiro de 2023, a uma distância de 0,28 UA (42 milhões de km).

Continuar a ler

Fotografia de Natureza no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Parque Nacional da Peneda-Gerês

O dia 14 de janeiro de 2023, nasceu cinzento. Contudo não foi motivo para cancelar a caminhada de montanha que havia planeado uns dias antes. O trilho que liga Fafião a Porto da Laje, no Parque Nacional da Peneda-Gerês, seria o caminho que iria percorrer. Em busca de cenários naturais e agrestes, fiz-me ao caminho. O vale estava coberto por um manto de neblina que não deixava ver quase nada. Aqui ou ali, surgia um aberta e era o momento certo para procurar um enquadramento interessante. Foi assim toda a manhã. E não choveu. O mesmo já não posso dizer do período da tarde.

Chegado ao final do trilho, houve tempo para descansar um pouco, registar algumas fotografias, recarregar energias e regressar. E foi aí que a chuva começou a cair com mais intensidade. O cansaço era tanto, que uma simples gota de chuva, quando pousava na minha face, parecia pesar um quilograma. Cabisbaixo e fugindo da chuva, a saltar de pedra em pedra, reparei num tronco velho, envolto por umas raízes, também elas com aspeto envelhecido. Logo ali imaginei que seria um pedaço de madeira interessante para trazer comigo no regresso. Faltavam 7 Km mas iria colocar à prova, todas as minhas forças. Não vacilei. Mochila às costas, não havia muito espaço para este tronco que media cerca de 1 metro. Contudo tinha dois braços disponíveis que me iriam ajudar a carregar aquele objeto que ainda não era arte, mas sê-lo-ia seguramente. Mesmo que para isso não estivessem disponíveis para carregar a camara fotográfica, quando houvesse necessidade. E assim foi. Uma manhã de fotografias que irei recordar para sempre e uma tarde a carregar um objeto que para a maioria do comum dos mortais, não passa de um tronco velho.

A vida é mesmo assim. Não há que complicar. Basta viver e não pensar muito. Aqui ficam algumas fotografias.

Quanto ao tronco velho, um dia destes irei apresentá-lo.


Parque Nacional da Peneda-Gerês

Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Nacional da Peneda-Gerês

Parque Nacional da Peneda-Gerês

Parque Nacional da Peneda-Gerês


Parque Nacional da Peneda-Gerês



Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Nacional da Peneda-Gerês

Continuar a ler

Lançamento do livro “No Silêncio Dos Moinhos”

Lançamento do livro

No próximo dia 16 de Julho, pelas 15H00 na Fundação Júlio Resende em Gondomar, será lançado o livro No Silêncio Dos Moinhos “O Livro”. Trata-se de um livro de fotografia da autoria de Paulo Ferreira, onde é possivel visualizar algumas espécies de fauna e flora existente nas proximidades dos Moinhos de Jancido, na margem esquerda do rio Sousa.

A entrada é livre até à lotação máxima de 55 pessoas.

Este trabalho surge depois de Paulo Ferreira ter realizado naquele local, um documentário de história natural, intitulado “No Silêncio Dos Moinhos” e que será dado a conhecer em breve num canal de televisão.

O livro mostra-nos um conjunto significativo de fotografias realizadas durante os últimos dois anos, onde é possivel visualizar alguns animais e plantas existentes naquele território. Este trabalho teve a colaboração do Biólogo Joel Neves, que fez a revisão cientifica. A maioria das fotografias vem acompanhada com uma pequena legenda da autoria dos “Rapazes de Jancido” e seus familiares. 

O prefácio é da autoria da Professora Isaura Lima e o posfácio é do Paulo Santos. De realçar ainda as notas existentes no livro, que são da autoria de António Mota, um amigo de longa data e do Padre Tony Neves, um jancidense em Roma.

Continuar a ler

Paulo Ferreira receberá um prémio no International Tourism Film Festival Turkey

Paulo Ferreira, recebe no próximo dia 17 de junho, pelas 21H00 (hora local), um prémio no festival internacional de cinema na Turquia “International Tourism Film Festival Turkey”. A cerimónia em ambiente de gala irá decorrer no Zeugma Mosaics Museum na cidade de Gaziantep. O prémio que só será conhecido no dia do evento, foi atribuído ao filme curto “A Terra dos Homens”.
O júri do conceituado festival (um dos mais emblemáticos da Europa ao nível do cinema independente), premiou o documentário curto A TERRA DOS HOMENS – que tem imagens do fotógrafo/videógrafo PAULO FERREIRA e voz de EDUARDO RÊGO.
Trata-se do mais recente filme curto de Paulo Ferreira, que reúne imagens de vários pontos do Mundo e que prima pela mensagem de sensibilização, face ao desnorte dos comportamentos humanos em relação ao planeta e a nós próprios.
Produzido em tempo de pandemia, o filme é um alerta pungente para a multiplicidade de problemas que assolam a humanidade. Nas palavras do realizador “Este é o tempo de repensar comportamentos; o tempo de lembrar que as nossas ações têm sempre consequências; o tempo de mostrar que somos merecedores de habitar a casa a que chamamos Terra.”
O trabalho de Paulo Ferreira é já bem conhecido, dentro e fora das fronteiras.
O reconhecimento, cada vez mais expressivo, do trabalho desenvolvido por Paulo Ferreira, é a prova cabal da urgência que existe em interiorizar os valores acumulados ao longo da história. A sua abordagem de consciencialização ambiental e de promoção de locais singulares da Terra, é um sério contributo para a Consciência Global. E esta postura adquiriu uma nova dimensão, ao associar-se a Eduardo Rêgo – o conhecido locutor e guionista de natureza – que tem uma visão holística do mundo e da vida. É expectável que o futuro traga novas experiências videográficas em que esta dupla se propõe ajudar a recentrar o caminho que conduz ao equilíbrio.

A TERRA DOS HOMENS, com realização de Paulo Ferreira e narração de Eduardo Rêgo, afirma a marca de Portugal no mundo, difundindo uma mensagem que não tem fronteiras.

O filme pode ser visto online em: Portefólio de filmes (https://pauloferreira.pt/portefolio-de-filmes/)

Mais informações sobre os prémios atribuídos a este e outros trabalhos, em:

Cinema (https://pauloferreira.pt/cinema/)

Continuar a ler