Etiqueta: Prémio

Oniros Film Awards – Best Of The Year

Foi com uma surpresa enorme que Paulo Ferreira recebeu a informação de que o seu último filme havia sido selecionado no festival internacional de cinema ONIROS. “Aotearoa – We Are All Made Of Stars”, o documentário curto que realizou na Nova Zelândia, foi selecionado para o prémio “Best Of The Year” pelo festival Oniros Film Awards, em Itália. É caso para dizer: Dream Big, Always!
 
Os filmes selecionados podem ser consultados aqui: Oniros 2019
 
Divulgamos uma parte do texto do email que foi recebido por Paulo Ferreira:
[…]Dear Paulo,
It’s our immense pleasure to announce you that your movie has entered the Annual Finals, and you could be awarded as one of the Best Filmmakers of the Year! You should be very proud of this achievement, as your film has been selected for the Best of Year Competition from among hundreds of movies! The Winners of the Best of Year Competition will be revealed during the Gala Night with Award Ceremony that will take place at the Palais Theater in Saint-Vincent, Italy, on August 24th 2019.[…]
 
Nota:
Este é um dos festivais que inserem os filmes no IMDb.

Prémio de cinema em Riga

Aotearoa – We Are All Made Of Stars foi premiado recentemente no festival internacional de cinema “Tour Film Riga”. Selecionado para melhor documentário curto sobre ecologia, acabou por obter o terceiro lugar nessa categoria. Mais informação pode ser consultada em: http://www.tourfilmriga.lv/tourfilm/aotearoa

[…]12th INTERNATIONAL TOURISM FILM FESTIVAL “TOURFILM RIGA 2019”
The International Tourism Film Festival Tourfilm Riga is the member of the International Committee of the Tourism Film Festivals (CIFFT ) since 2009. The Festival “Tourfilm Riga” is organized by the Riga City Council already for the 12th time. At the 12th International Tourism Film festival “Tourfilm Riga 2019” the professional international jury judged previously selected entries – 173 films. […]

Aotearoa – novo prémio internacional

O documentário curto, “Aotearoa – We Are All Made Of Stars”, recebeu ontem a distinção de “Melhor Documentário Curto” no Hollywood International Moving Pictures Film Festival. Trata-se de um conceituado festival independente em Los Angeles. Este trabalho produzido na Nova Zelândia no ano de 2018 é visto como um filme que vai muito mais além do documentário em si mesmo. Tem recebido elogios de muitos dos membros dos júris. Fazem questão de enviar notas de consideração, depois de terminadas as cerimónias de entrega de prémios.

É dito que este filme é uma inspiração e incute na consciência das pessoas, de que é urgente cuidar da nossa casa. Nós não somos exteriores à natureza. Nós somos parte dela. A natureza não nos rodeia. Nós somos natureza! As pessoas são natureza.

A poucos dias de celebrarmos o Dia Mundial da Terra, é muito bom receber este prémio.

Aotearoa – Seleção oficial no LIFT-OFF Global Network

O documentário curto “Aotearoa – We Are All Made Of Stars” está a arrecadar prémios, um pouco por todo o mundo. Desta vez foi selecionado no festival internacional LIFT-OFF Global Network, organizado pelos famosos Pinewood Studios em Inglaterra. É tão só o estúdio onde foram produzidos filmes como o lendário 007 ou mais recentemente Mary Poppins Returns. Por isso já é uma vitória. E por isso vale a pena continuar a trabalhar. O filme será certamente visualizado na rede que este festival disponibiliza e chegará a uma maior audiência.

Estes prémios são sinónimo de reconhecimento da qualidade do filme de cerca de 11 minutos de duração. Um filme que pretende alertar para a necessidade de olhar para a nossa casa, na perspetiva de que é a única casa que temos, logo devemos preservá-la! Nós fazemos parte dela!

Por enquanto o filme ainda não é publico, no entanto será divulgado no dia mundial da Terra, a 22 de abril próximo.

Por agora ficam aqui algumas frases mais emblemáticas que de certa forma alertam para a problemática ambiental que tanto se fala nos dias de hoje. Já há algum tempo que várias pessoas têm vindo a alertar para o facto:

“Nosso planeta é nossa casa; vamos preservá-la.” (Amóes Xavier)
“O laço essencial que nos une é que todos habitamos este pequeno planeta. Todos respiramos o mesmo ar. Todos nos preocupamos com o futuro dos nossos filhos. E todos somos mortais.” (John Kennedy)
“O maior desafio tanto no nosso século quanto nos próximos é salvar o planeta da destruição. Isso vai exigir uma mudança nos próprios fundamentos da civilização moderna – o relacionamento dos seres humanos com a natureza.” (Mikhail Gorbachev)
“Não temo nossa extinção. O que realmente temo e receio é que o ser humano arruíne o planeta antes da sua partida.” (Loren Eiseley)

Prémio no Oniros Film Awards

Prémio Oniros Film Awards

“Aotearoa – We Are All Made Of Stars”, o mais recente filme de Paulo Ferreira, foi premiado no famoso festival italiano “Oniros Film Awards”. Trata-se de um prestigiado festival que é suportado por alguns nomes reconhecidos do cinema mundial como, por exemplo, a cadeia de cinema Universal Movies, Stan Winston, Dreamlight, iPitch, etc.

Este filme, de cerca de 10 minutos de duração e que tenta consciencializar as pessoas para o problema das alterações climáticas, chamou a atenção do júri internacional. É agora do conhecimento publico de que venceu na categoria de “Best documentary short” (melhor documentário curto).

Também este festival dá acesso direto ao IMDb, pelo que os entusiastas desta plataforma podem saber mais acerca do filme e de todos os profissionais que estiveram envolvidos na sua produção, em: https://www.imdb.com/title/tt9728896/

Mais detalhes na página web em Oniros Film Awards ou no facebook em: https://www.facebook.com/OnirosFilmAwards

A lista de premiados pode ser consultada aqui. “Aotearoa – We Are All Made Of Stars” é assim um documentário curto que tem dado que falar nos festivais internacionais de cinema independente.

Mantenha-se a par das novidades que o Paulo Ferreira irá publicar em breve, nomeadamente a estreia do seu filme produzido na Nova Zelândia, subscrevendo o seu canal do YouTube em: https://www.youtube.com/pauloferreirapt

Aotearoa premiado em Los Angeles

Aotearoa – We Are All Made Of Stars, o mais recente filme de Paulo Ferreira, foi premiado no “Los Angeles Independent Film Festival Awards“.

Este documentário curto realizado na Nova Zelândia, pretende ser um filme que consciencialize as pessoas para a temática do ambiente. Nomeadamente para a conservação dos recursos fundamentais à vida. Os maori acreditavam que as “glowworms” (uma espécie de larva florescente) zelava pela preservação da água que circulava no interior das cavernas e isso está bem patente no filme. Acreditavam que estes seres eram os espíritos dos seus antepassados. Eram as estrelas lá no céu. “We Are All Made Of Stars”.

O LAIFFA é um conceituado festival em Los Angeles, que todos os anos realiza um evento mundial. A cerimónia terá lugar no dia 24 de agosto de 2019 nos famosos Raleigh Studios em Hollywood.

De salientar que este é já o segundo troféu arrecadado neste tipo de festival internacional do cinema independente. O ano está a começar e estes dois prémios são um bom pronúncio para o que poderá vir até ao final. Assim sendo, fique atento ao que acontece nesta página. Siga o Paulo Ferreira no seu canal do YouTube.

Terceiro “Óscar” do documentário independente

Depois de “Nordlys” e de “Patagónia”, “Aotearoa – We Are All Made Of Stars” foi também distinguido com um “Óscar dos documentários independentes” pelo conceituado festival “Hollywood International Independent Documentary Awards” em Los Angeles . O “prémio de excelência” atribuído ao mais recente documentário de Paulo Ferreira, faz com que o fotógrafo português arrecade, pelo terceiro ano consecutivo, um troféu que é referência mundial nos diversos festivais internacionais de cinema independente.

Este terceiro “Óscar” do documentário independente de Paulo Ferreira, que será entregue a 23 de Março em Los Angeles nos famosos Raleigh Studios na Hollywood Blvd, foi atribuído ao produtor português pelo trabalho “Aotearoa – We Are All Made of Stars”. Trata-se de um filme rodado na Nova Zelândia que aborda a atual problemática ambiental na perspetiva das crenças do povo maori.

O povo maori acredita que as “glowworms” são os espíritos dos seus antepassados que protegem os elementos essenciais à vida. Respeitando esse pensamento, Paulo Ferreira retratou o facto no seu documentário curto. Para isso recorreu à técnica de timelapse, para registar o movimento subtil das “glowworms” no interior de cavernas da Nova Zelândia. Pretende assim consciencializar as pessoas para a atual problemática ambiental. Afinal de contas, esta é a nossa única casa.

O documentário, com cerca de 10 minutos e 30 segundos, foi apresentado pela primeira vez na Casa de Montezelo, em Fânzeres, Gondomar, numa cerimónia aberta a convidados especiais e patrocinadores. Este filme ainda não é do conhecimento público, mas já começa a “dar nas vistas” a nível internacional.

Aotearoa – Listado no IMDb

Aotearoa – Listado no IMDb

O documentário curto “Aotearoa – We Are All Made Of Stars” está desde hoje listado na famosa plataforma mundial de filmes IMDb (Internet Movie Database). Depois de ter vencido na sua categoria, no TMFF – The Monthly Film Festival, este festival possibilitou a entrada direta no IMDb.

O filme com cerca de 11 minutos de duração, totalmente gravado na Nova Zelândia, tenta chamar a atenção para a atual problemática ambiental, mostrando paisagens naturais, quer diurnas, quer noturnas.

Paulo Ferreira, o seu realizador, tem procurado usar o lado belo das suas imagens, para consciencializar as pessoas para um problema que todos nós devemos ter em conta, as alterações climáticas. Alterações essas que afetam a casa de todos nós, a Terra. O filme ainda não é publico.

O IMDb é uma base de dados online de informação sobre música, cinema, filmes, programas e comerciais para televisão e jogos de computador, propriedade da Amazon. Mais informação, disponível em: Internet Movie Database

 

Aotearoa – seleção oficial no The Monthly Film Festival

Seleção Oficial no The Monthly Film Festival

O documentário curto “Aotearoa – We Are All Made Of Stars”, que ainda não é do conhecimento público, está a ser submetido a alguns festivais internacionais de cinema e televisão. Hoje foi selecionado para o festival internacional “The Monthly Film Festival” (TMFF). Este festival atribui variados prémios monetários e troféus aos filmes vencedores, nas mais diversas categorias. Para além da possibilidade do filme ser premiado, existe a hipótese do mesmo ser eleito “O melhor filme para a audiência”. Para este efeito é necessário votar online. Basta aceder à seguinte hiperligação para Votar no filme Aotearoa

Para quem ainda não teve oportunidade de ver o filme, trata-se de um documentário curto que aborda as atuais questões relacionadas com a problemática ambiental. Paulo Ferreira realizou este filme pouco depois de ter estado na Nova Zelândia, numa aventura que o levou a percorrer as duas ilhas em cerca de 15 dias.

Poderá ver aqui o Making Of – Aotearoa

  • 1
  • 2