Skip to main content

Etiqueta: Prémio

Documentário Naturalmente Flores recebe prémio em Sesimbra

Paulo Ferreira recebe prémio em Sesimbra

Paulo Ferreira recebeu ontem, um prémio no festival internacional de cinema “Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival”. O documentário de natureza “Naturalmente Flores”, exibido recentemente na RTP e que foi realizado na ilha das Flores, foi galardoado com um troféu da autoria de consagrada escultora e artesã, Lourdes Brites.

O prémio foi-lhe entregue no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra. 

O documentário “Naturalmente Flores”, estreou no dia 22 de abril de 2023 (dia da Terra), pelas 21H00, no auditório do Museu Municipal de Lajes das Flores. O filme foi realizado e editado por Paulo Ferreira e tem a narração a cargo de Eduardo Rêgo. Paulo Ferreira esteve a gravar na ilha das Flores durante 20 dias em 2020 e 2022 e mostra-nos algumas singularidades ao nível da flora e da fauna, incluindo a marinha. As imagens do fundo do mar das Flores despertam em nós a consciência ambiental necessária para que todos possamos reverter o sentido das alterações climáticas. As imagens noturnas (da Via Láctea), gravadas ao redor da ilha das Flores são uma visão diferente do que estamos habituados a ver. Isto porque a Ilha das Flores possui pouca poluição luminosa, algo que a todos deveria preocupar. Durante o filme quase que damos por nós sentados à beira mar, a ouvir o som dos Cagarros, sob um céu estrelado salpicado pela luz da Via Láctea. São imagens belas de uma Ilha especial para Paulo Ferreira.

O filme foi patrocinado por LadoB Café, Viagens Gondomar, Opticália Gondomar, Delete Informática, Ptlapse, Ppsec Engenharia, Socidias e Goldnature e contou com o apoio do Municipio de Lajes das Flores, da Aldeia da Cuada, da ExperienceOC, e da colaboração do Serviço de Ambiente e Alterações Climáticas das Flores, do Parque Natural das Flores e Reserva da Biosfera da Ilha das Flores, do Governo dos Açores e da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas. O documentário teve ainda a colaboração extraordinária da equipa de mergulho, constituída por Gui Costa, Carel Padilha e Filipe Gomes, estes últimos da escola de mergulho Longitude31.

Pode ver o documentário na RTP Play:

Naturalmente Flores de 10 ago 2023 – RTP Play – RTP

Ou aqui:

Naturalmente Flores – PT on Vimeo






Continuar a ler

Timelapse um filme de Paulo Ferreira arrecada troféu para Gondomar no LAIFFA em Los Angeles

O filme “TIMELAPSE” foi premiado no festival internacional de cinema em Los Angeles, “Los Angeles Independent Film Festival Awards”, mais conhecido por  LAIFFA. Trtaa-se de um festival de cinema que qualifica para o IMDb (Internet Movie Database). 

Paulo Ferreira viu o seu filme curto premiado na categoria de “Timelapse”, obtendo assim um troféu que certamente irá marcar este ano, no que à sua carreira diz respeito.

O filme curto “Timelapse”, realizado com imagens prevenientes das viagens de Paulo Ferreira pelo mundo, pretende ser uma janela para o tempo. Paulo Ferreira fala na oportunidade que teve ao longo dos ultimos anos, de conhecer países como a Noruega, Espanha, Chile, Argentina, Nova Zelândia e Islândia, assim como mais profundamente Portugal, tanto continental como insular. Em todos eles, ele conseguiu registrar alguns timelapses noturnos que agora fazem parte deste trabalho.
Fundamentalmente trata-se de um vídeo que pretende mostrar o lado noturno, reunindo imagens que vão desde a aurora boreal, a via láctea e até a lua, nos hemisférios norte e sul do planeta Terra, a nossa única casa. É pois um retrato do tempo. Um lapso de tempo, como ele diz. Alguns segundos insignificantes na imensidão do espaço-tempo. Mas o que fazemos com o nosso tempo?
Como disse Carl Sagan, é uma breve história do tempo. Da falta de tempo. Do nosso e vosso tempo. Enfrentar a vastidão do tempo e do universo, permite-nos conhecer a nossa casa, e o quanto pequenos somos.

Continuar a ler

Paulo Ferreira premiado na Turquia

Paulo Ferreira premiado na Turquia

Foi no dia 17 de junho, pelas 21H00, na cidade de Gaziantep, na Turquia, que Paulo Ferreira recebeu um prémio no Festival Internacional de Cinema “International Tourism Film Festival Turkey”. A cerimónia em ambiente de gala decorreu no Zeugma Mosaics Museum. O prémio “Jury Special Award”, foi atribuído ao filme curto “A Terra dos Homens”.
O júri do conceituado festival (um dos mais emblemáticos da Europa ao nível do cinema temático) premiou o filme curto “A TERRA DOS HOMENS” – que tem imagens de Paulo Ferreira e a voz de Eduardo Rêgo.
Trata-se do mais recente filme curto de Paulo Ferreira, que reúne imagens de vários pontos do mundo e que prima pela mensagem de sensibilização, face ao desnorte dos comportamentos humanos em relação ao planeta e a nós próprios.
Produzido em tempo de pandemia, o filme é um alerta pungente para a multiplicidade de problemas que assolam a humanidade. Nas palavras do realizador “Este é o tempo de repensar comportamentos; o tempo de lembrar que as nossas ações têm sempre consequências; o tempo de mostrar que somos merecedores de habitar a casa a que chamamos Terra.”

O filme pode ser visualizado aqui:

Portefólio de filmes – pauloferreira.pt

#TOURISMFILMFEST

Paulo Ferreira premiado na Turquia
Paulo Ferreira premiado na Turquia
Paulo Ferreira premiado na Turquia

Continuar a ler

Paulo Ferreira receberá um prémio no International Tourism Film Festival Turkey

Paulo Ferreira, recebe no próximo dia 17 de junho, pelas 21H00 (hora local), um prémio no festival internacional de cinema na Turquia “International Tourism Film Festival Turkey”. A cerimónia em ambiente de gala irá decorrer no Zeugma Mosaics Museum na cidade de Gaziantep. O prémio que só será conhecido no dia do evento, foi atribuído ao filme curto “A Terra dos Homens”.
O júri do conceituado festival (um dos mais emblemáticos da Europa ao nível do cinema independente), premiou o documentário curto A TERRA DOS HOMENS – que tem imagens do fotógrafo/videógrafo PAULO FERREIRA e voz de EDUARDO RÊGO.
Trata-se do mais recente filme curto de Paulo Ferreira, que reúne imagens de vários pontos do Mundo e que prima pela mensagem de sensibilização, face ao desnorte dos comportamentos humanos em relação ao planeta e a nós próprios.
Produzido em tempo de pandemia, o filme é um alerta pungente para a multiplicidade de problemas que assolam a humanidade. Nas palavras do realizador “Este é o tempo de repensar comportamentos; o tempo de lembrar que as nossas ações têm sempre consequências; o tempo de mostrar que somos merecedores de habitar a casa a que chamamos Terra.”
O trabalho de Paulo Ferreira é já bem conhecido, dentro e fora das fronteiras.
O reconhecimento, cada vez mais expressivo, do trabalho desenvolvido por Paulo Ferreira, é a prova cabal da urgência que existe em interiorizar os valores acumulados ao longo da história. A sua abordagem de consciencialização ambiental e de promoção de locais singulares da Terra, é um sério contributo para a Consciência Global. E esta postura adquiriu uma nova dimensão, ao associar-se a Eduardo Rêgo – o conhecido locutor e guionista de natureza – que tem uma visão holística do mundo e da vida. É expectável que o futuro traga novas experiências videográficas em que esta dupla se propõe ajudar a recentrar o caminho que conduz ao equilíbrio.

A TERRA DOS HOMENS, com realização de Paulo Ferreira e narração de Eduardo Rêgo, afirma a marca de Portugal no mundo, difundindo uma mensagem que não tem fronteiras.

O filme pode ser visto online em: Portefólio de filmes (https://pauloferreira.pt/portefolio-de-filmes/)

Mais informações sobre os prémios atribuídos a este e outros trabalhos, em:

Cinema (https://pauloferreira.pt/cinema/)

Continuar a ler

HOPE vence no Vegas Movie Awards

VEGAS MOVIE AWARDS

O filme “HOPE” tem vindo a arrecadar prémios em festivais internacionais de cinema independente. Foi com enorme surpresa que Paulo Ferreira recebeu a notícia de que venceu em 3 categorias no VEGAS MOVIE AWARDS™. Sim, 3 prémios:
BEST DOCUMENTARY SHORT – Award of Excellence
BEST CINEMATOGRAPHY – Award of Excellence
BEST DRONE VIDEO – Award of Merit
O filme foi produzido e realizado por Paulo Ferreira. A voz foi de Conrad Harvey. A tradução ficou a cargo de Maria José Moura Castro.
A realização decorreu durante os períodos de confinamento entre Março de 2020 e Março de 2021.
 
Uma nuvem desceu sobre o mundo.
Pela primeira vez, na nossa atarefada civilização global, todos nós parámos.
Embora isto continue a ser incrivelmente desafiante para todos nós, há uma certa beleza nesta quietude.
E, enquanto partes do nosso mundo ardem nas chamas de um tempo passado, aos que ficam é-lhes dado a escolher.
Uma oportunidade, não de voltar ao passado, mas de sonhar e agir, e criar o que será.
Como todas as tempestades, também estas nuvens passarão.
Do outro lado destas nuvens, há um sol que irradia esperança para o nosso mundo.
Há uma oportunidade para todos nós vermos além da mera sobrevivência e abraçarmos o futuro, no qual nós e o nosso planeta podemos prosperar como um só.
Prepara-te. O mundo como o conhecemos, mudou para sempre.
O laço que nos liga a todos é a esperança.
Esperança de voltar às coisas que todos nós amamos.
E, contudo, a esperança de que não regressemos ao modo como fazíamos as coisas anteriormente. Esta viagem começa… com ESPERANÇA.
 
O filme pode ser visualizado aqui:

Hope – premiado em Nova York

O filme “HOPE” realizado por Paulo Ferreira, foi premiado este sábado (06.03.2021), no festival internacional de cinema “ONIROS FILM AWARDS“, em Nova York. O filme foi premiado na categoria de “DRAMA” e obteve o troféu “GRAND JURY AWARD”. Este consagrado festival de cinema, também qualifica para o IMDb, sitio onde Paulo Ferreira já tem listados alguns prémios internacionais.

Um agradecimento especial ao Conrad Harvey que deu voz a este filme e à Maria José Moura Castro, responsável pela tradução da narrativa. O filme pode ser visualizado, clicando aqui.

Uma nuvem desceu sobre o mundo.
Pela primeira vez, na nossa atarefada civilização global, todos nós parámos.
Embora isto continue a ser incrivelmente desafiante para todos nós, há uma certa beleza nesta quietude.
E, enquanto partes do nosso mundo ardem nas chamas de um tempo passado, aos que ficam é-lhes dado a escolher.
Uma oportunidade, não de voltar ao passado, mas de sonhar e agir, e criar o que será.
Como todas as tempestades, também estas nuvens passarão.
Do outro lado destas nuvens, há um sol que irradia esperança para o nosso mundo.
Há uma oportunidade para todos nós vermos além da mera sobrevivência e abraçarmos o futuro, no qual nós e o nosso planeta podemos prosperar como um só.
Prepara-te. O mundo como o conhecemos, mudou para sempre.
O laço que nos liga a todos é a esperança.
Esperança de voltar às coisas que todos nós amamos.
E, contudo, a esperança de que não regressemos ao modo como fazíamos as coisas anteriormente. Esta viagem começa… com ESPERANÇA.

This Is Our Time – O documentário curto Português de Paulo Ferreira que venceu em Cannes

THIS IS OUR TIME – O DOCUMENTÁRIO CURTO PORTUGUÊS DE PAULO FERREIRA QUE VENCEU EM CANNES

This is Our Time, o documentário curto realizado na Islândia pelo olhar de Paulo Ferreira é vencedor no Cannes Corporate Media & TV Awards 2020 na categoria de Enviroment, Ecology and Sustainability.

Este é o mais recente documentário curto de Paulo Ferreira realizado na Islândia e que traz consigo uma mensagem de sensibilização para os comportamentos humanos em relação ao planeta e à casa que todos habitamos. Já reconhecido em festivais um pouco por todo o mundo, foi também premiado com “Award of Excellence”, na categoria “Best Documentary Short”, no festival internacional de cinema Vegas Movie Awards, em Las Vegas, em agosto deste ano.

Apesar de ter sido produzido no período pré-pandemia, a mensagem que este difunde é uma mensagem de alerta para os tempos que correm, para a mudança necessária perante o mundo, que se revelou completamente adaptada aos tempos que se vivem atualmente, em contexto de pandemia. Nas palavras do realizador: “este é o nosso tempo. O tempo de repensar comportamentos, o tempo de nos lembrarmos que todas as nossas ações trazem consequências. O tempo da era humana mostrar o seu valor e que somos merecedores de habitar esta casa, a que chamamos Terra.”

O trabalho de Paulo Ferreira é já bem reconhecido dentro e fora de fronteiras: recentemente viu também premiado um trabalho realizado em tempos de confinamento, na cidade do Porto, que lhe valeu 3 prémios no Festival internacional de Cinema Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival. A estes três prémios juntou-se uma Menção Honrosa por parte do Presidente do Júri.

Quem acompanha o trabalho do realizador não fica indiferente às imagens e às mensagens que este transmite. O reconhecimento mundial do trabalho desenvolvido por Paulo Ferreira na promoção de mensagens de sensibilização e consciencialização ambiental e promoção de lugares singulares, através de um olhar que evidencia a beleza é já uma característica de todo o trabalho realizado. As imagens captadas e acompanhadas por narrativas que conectam com as pessoas são apanágio do realizador. A par destas mensagens, que dissemina pelo mundo, Paulo Ferreira homenageia o lado belo das paisagens, dos lugares, de Portugal e do mundo.

This is Our Time, narrado em língua inglesa pela voz de Conrad Harvey e texto de Laurence Alves está a ser valorizado e reconhecido em festivais de referência mundiais que reveem no trabalho deste realizador português um nível que concorre – e vence – perante trabalhos desenvolvidos no mundo inteiro.Paulo Ferreira afirma a marca de Portugal no mundo, difundindo uma mensagem global e universal, que não tem fronteiras.

This is Our Time pode ser visto online em: https://pauloferreira.pt/portefolio-de-filmes/this-is-our-time/

Mais informações sobre os prémios atribuídos a este e a outros trabalhos da sua autoria em:

Cinema – pauloferreira.pt

Veja o vídeo do prémio e a mensagem do Paulo Ferreira

Green Fest 2017 – 3 anos depois

Paulo Ferreira no festival Green Fest em Belgrado

Faz precisamente hoje 3 anos que viajei para Belgrado na Sérvia. A convite dos organizadores do festival de cinema “The International Festival of Green Culture”, normalmente designado por “Green Fest”, participei como orador sobre a problemática ambiental. O motivo do convite foi o facto  do filme “Nordlys” ter sido premiado na categoria de melhor filme curto. Foi um momento muito enriquecedor na minha vida, uma vez que me possibilitou conhecer outras pessoas e outras culturas. Tive a possibilidade de conhecer o Exmo. Sr. Augusto José Pestana Saraiva Peixoto, Embaixador de Portugal na Sérvia, a quem entreguei uma edição diária de um jornal português (a seu pedido) e também o meu livro “Patagónia – A Ponta do Mundo”.

Paulo Ferreira entrega um exemplar do seu livro “Patagónia – A Ponta do Mundo” ao Exmo. Sr. Augusto José Pestana Saraiva Peixoto na embaixada de Portugal em Belgrado.

Algumas fotografias que registam a sua presença em Belgrado. Mais informação na página web do festival Green Fest.

This Is Our Time é seleção oficial no festival Natourale

Natourale

This Is Our Time é seleção oficial no festival Natourale

This, Is Our Time, Natourale, Cinema, Natureza, Ambiente

Esta semana chegou a informação de que o filme “This Is Our Time” faz parte da seleção oficial do festival internacional de cinema Natourale. É um conceituado festival na Alemanha e que todos os anos premeia os melhores filmes de natureza e turismo.

A edição deste ano decorrerá entre os dias 25 e 29 de Novembro na cidade de Wiesbaden. Devido ás limitações impostas pela pandemia, certamente não haverá possibilidade de presença no evento. 

Veja o site oficial